O vazamento dos emails do médico Anthony Fauci coincidiu com o momento em que o governo dos EUA voltou a questionar a origem da pandemia de coronavírus