O presidente do STF, ministro Luiz Fux, afirmou nesta segunda que há uma produção excessiva de leis no Brasil, que chamou de “orgia legislativa”.