Marcelo Queiroga afirma que adequar indústrias de vacinas animais para humanos ajudaria a aumentar a capacidade de vacinação e distribuição das vacinas